Publicidade

  • xvideos
  • porno
  • Porno Brasileiro
  • Porno Gratis
  • Videos Porno


  • Clube do Corno 
    Garotos Brasil  
    Gls Videos  
     
     
     
     
     
     
     
     
    Garotos G 
    Desenho Gratis  
    Suruba Digital  
    Novinha 18  

    Arquivo



    julho
    02
    Comando Explícito (1986)

    Comando Explícito

    FILME COMPLETOMAIS BOCA DO LIXO

    Em 1986, o diretor paulista Alfredo Sternheim dirigiu o filme Comando Explícito, sobre um homem extremamente obcecado por uma garota e que se utiliza de todos os meios para tê-la, praticando seqüestros e outras barbaridades.

    Assim como Joe D’Amato e Jess Franco faziam na Europa, Sternheim rodou dois filmes ao mesmo tempo, com o mesmo elenco e mesmos cenários. Comando Explícito foi filmado logo após Orgia Familiar, ambos feitos para a Danek Produções. Os atores principais são os mesmos: Wagner Maciel, Daliléia Ayala e Rubens Pignatari. Orgia Familiar, também de 1986, trata sobre a aproximação de um estranho a uma família classe-média e sua paixão exacerbada para com a mais jovem da família – uma atriz de aparência tão jovem, mas tão jovem, que mal aparece em cenas hardcore (e as que há, parecem enxertos).

    Vamos, então, à história. Em uma família classe-média, temos o pai de família (Rubens Pignatari), que mantém um caso com a empregada doméstica; a mãe, que é totalmente irrelevante, e a filha, apaixonada por seu namorado. Será virgem? Vamos a um diálogo entre esse casal:

    – Amor, vamos viajar nesse final de semana?
    – Mas é claro! Aonde esse cabacinho vai, eu vou!

    Então já sabe, né, leitor? Nada de deixar sua filha viajar com o namorado, a não ser que você queira virar vovô! O desfecho da cena apresentada acima é mal filmado, a câmera está totalmente mal posicionada e o rápido boquete passa quase que despercebido.

    Para perturbar esse namoro, somos apresentados logo no início a um estranho homem, obcecado pela mocinha. Ele chega a persegui-la em plena saída da escola (quando falei que Daliléia era bem moçoila, não estava brincando). Para concretizar o amor não correspondido, o cara decide formar uma quadrilha (hã?). No primeiro assalto, vão justamente a um prédio onde só tem mulheres! Antes mesmo dos assaltantes anunciarem o estupro iminente, elas já estão abrindo as pertas e coisas mais. Isso que é gostar de ser estuprada, hein?

    Após a esse “assalto sexual” bem sucedido, a quadrilha invade o prédio da mocinha indefesa e mantém a família como refém. Conseguirá o namorado da moça proteger sua amada das garras desses seres nefastos?

    Apesar de semelhantes, Comando Explícito é inferior à Orgia Familiar, uma vez que neste são explorados mais os sentimentos das personagens e a psicologia do sexo. Em Comando Explícito, Alfredo Sternheim se desvirtua da história criando cenas e personagens desnecessários, além de cenas de sexo mal filmadas. Sem falar no final com direitos a tiros pra tudo que é lado, no melhor estilo Afonso Brazza.

    Vale ressaltar que Alfredo Sternheim, no mesmo ano de 1986, rodou outros dois filmes que têm semelhanças no elenco, trama e cenários: Sexo Proibido e Sexo Livre.

    Yúri Koch, do blog Necrofilmes

    0 Comentários »

    0 comentários.

    Deixe um comentário

    Trade

    Categorias



    Contato | Putaria | Revistas | Sexo |