Publicidade

  • xvideos
  • porno
  • Porno Brasileiro
  • Porno Gratis
  • Videos Porno


  • Clube do Corno 
    Garotos Brasil  
    Gls Videos  
     
     
     
     
     
     
     
     
    Garotos G 
    Desenho Gratis  
    Suruba Digital  
    Novinha 18  

    Arquivo



    março
    30
    As Taras do Mini-Vampiro (1984)

    As Taras do Mini-Vampiro

    Esse talvez seja o filme mais conhecido desse verdadeiro mini-astro de pornô-podreiras do cinema tupiniquim (tanto que até aparecem trechos dele num filme do cineasta Carlos Reinchenbach). Ainda que não seja tão engraçado quanto Fuk Fuk à Brasileira (se bem que nada é), é diversão garantida para os que buscam um cinema mais alternativo. E doentio.

    As Taras do Mini-VampiroO filme em si tem uma história bem simples e curta (tanto que a duração é de uma hora apenas), sustentando-se mesmo nas piadas de extremo bom gosto. Uma cidade decadente vê a oportunidade de se mostrar ao mundo quando um vampiro anão começa a atacar pessoas na praça central (o engraçado é que a música “sinistra” do fundo é roubada do filme Rocky – Um Lutador, muitíssimo conhecido por suas músicas góticas e assustadoras). A cena em que o prefeito (interpretado pelo velhinho tarado Bim-Bim, constante colaborador do genial Sady Baby) liga para seu assessor pra avisar da novidade encontra-se num dos monólogos mais toscos e engraçados da história do cinema nacional.

    Basicamente a trama para por aí, com um caçador atrapalhado correndo atrás do vampirinho (que ganha a simpatia do empalador ao mostrar que é banguela, por isso passa fome) enquanto situações absurdas acontecem, como uma garota Eliane Gabarron) que vai fumar um baseado em cima de onde o vampirinho está dormindo e, ao começar a apalpar a terra, sente um pequeno objeto roliço surgindo do chão. Sem contar que o filme antecipa aquele comercial da Ray Ban e mostra que, se o Chumbinho usar óculos escuros, a luz do Sol não será mais um problema pra ele.

    Há uma cena que envolve o vampirinho, o caçador e uma mulher menstruada, mas falar mais estragaria uma das mais finas e tocantes cenas que só o humor de bom-gosto da Boca do Lixo poderia proporcionar.

    Diogenes L. Cesar

    BAIXE O FILME COMPLETO


    3 Comentários »

    1. Good words.

      Comentário by Lida — 22/10/2008 @ 11:29 PM

    2. muito obrigado

      Comentário by eduardo — 19/05/2009 @ 9:30 AM

    3. Valeu, o filme é bem legal mesmo. Dá para se excitar e rir um monte.
      A cena em que o vampiro põe para se proteger da luz da lanterna é de matar de rir.

      Comentário by farsilper — 12/02/2012 @ 11:04 AM

    Deixe um comentário

    Trade

    Categorias



    Contato | Putaria | Revistas | Sexo |