Publicidade



Clube do Corno 
Garotos Brasil  
Gls Videos  
 
 
 
 
 
 
 
 
Garotos G 
Desenho Gratis  
Suruba Digital  
Novinha 18  

Arquivo



dezembro
28
24 Horas de Sexo Ardente/Explícito (1985)

24

24Já ouviram falar em antifilme pornô? Pois é: ESTE é um antifilme pornô. É único no gênero porque, em geral, porque fitas de trepa-trepa partem do pressuposto que o espectador se excitará nas partes pecaminosas – ou, preto no branco, vai ficar de pau duro.

Intencionalmente, essa fita faz o oposto. As mulheres, como diz um dos personagens, parecem “figurantes dos filmes do Zé do Caixão”. Não por acaso, o personagem foi criado pelo lendário cineasta José Mojica Marins, que é também o diretor dessa bagaça.

A historia é sobre um concurso de sexo. Três garanhões apostam quem trepa mais durante 24 horas, e ganha quem gozar mais vezes. A partir daí, temos suruba que não acaba mais. Contudo, com o passar do tempo, os personagens brocham.

Isso mesmo: é o primeiro filme pornô onde os personagens falham na hora do quebra-pau (INTENCIONALMENTE, que isso fique bem claro; muitos anos depois, nos primeiros filmes de Stanlay Miranda, os atores eram brochas porque o pau deles não subia mesmo).

24O homem falha e até determinada parte, as mulheres são tratadas como um mero objeto de um concurso machista. Eis que duas praticam uma cena de lesbianismo quando se isolam no quarto. Elas discutem suas preferências sexuais e relatam um curioso caso.

Neste, Mojica escreveu seu nome na história da sétima arte por se tratar de uma transa entre uma garota de família conservadora e seu cachorro. Não é uma cena de sexo explícito, mas foi a primeira cena de zoofilia da história.

24Depois, elas contam o que acontecem com o namorado da moça do cachorro. O homem falha, leitores! Ele se fode com um cavalo, literalmente.

A produção é abismal, com elenco feio e piadinhas sem graça – a começar pelo juiz da contenda, uma abominável caricatura gay. O próprio Mojica confessou ter feito a fita assim de propósito, usando as maiores mocréias que encontrou como forma de criticar o gênero e o público, estúpido e a ponto de pagar para ver tais coisas. Mojica, como sempre, provou estar certo: o filme fez um enorme sucesso no pais inteiro – em São Paulo, ficou mais de 42 semanas em cartaz.

24

A despeito dos esforços do elenco humano, a melhor atuação é do pastor alemão Jack, que “contracena” animadamente com Vânia Burnier (que tenta evitar a penetração do animal, rebolando o tempo todo). A carreira desse galã canino não durou muito: ele foi morto por um marido ciumento que a flagrou com a esposa zoófila. Mas isso não impediu a proliferação de pornôs zoológicos no mercado, seguindo a trilha aberta por José Mojica. Até nisso o nosso Zé do Caixão foi pioneiro.

A propósito, vejam como a Vânia Burnier está HOJE EM DIA:

24 HORAS DE SEXO ARDENTE/24 HORAS DE SEXO EXPLÍCITO (Dir. José Mojica Marins. Com Kelly Muriel, Tamara Lopes, Vânia Burnier (Bornier), Claudia Lopes, Silvio Jr., Walter Laurentis, Antônio Rodi, Jack o Pastor Alemão. 90 min. J. Vídeo/Free-X).

24

Para os que ainda insistem em dizer que Mojica assinou o filme como “J. Avelar”, dêem uma olhada nos créditos que aparecem na fita E PAREM DE PERPETUAR INFORMAÇÕES FALSAS, CAMBADA DE PAU NO CU!

3 Comentários »

  1. Hi, good post. I have been wondering about this issue,so thanks for posting.

    Comentário by AndrewBoldman — 04/06/2009 @ 9:42 PM

  2. Segundo o excelente livro “Maldito” que conta a vida do Mojica, o cão Jack foi morto mesmo pelo dono mas ele não encontrou a mulher com o cachorro. Mas falaram tanto dele sobre a atuação do cão e insinuaram que ele já sabia como comer uma mulher e logicamente seria a sua mulher. Como não aguentou a “dor de corno” matou o cão. Mas não existe prova que a esposa dava para o cão.

    Comentário by Tio — 16/11/2010 @ 3:40 PM

  3. CRRRRÁSSICO!

    Aproveita e posta o 48 horas de novo!

    Comentário by curalho — 18/11/2010 @ 3:24 PM

Deixe um comentário

Trade



  • 1.
    2.
    3.
    4.
    5.
    6.
    7.
    8.
    9.
    10.
    11.
    12.
    13.
    14.
    15.
    16.
    17.
    18.
    19.
    20.
    21.
    22.
    23.
    24.
    25.
    26.
    27.
    28.
    29.
    30.
    31.
    32.
    33.
    34.
    35.
    36.
    37.
    38.
    39.
    40.

    trocar visita

Categorias



Contato | Putaria | Revistas | Sexo |